A vida não é medida pelo numero de vezes que respiramos, mais pelo número de vezes que deixamos de respirar. Conheça nossa oferta especial de férias Voos de balão em Boituva a 116 km de São Paulo O valor do voo de balão não está no tempo de duração pois ele deve ser o suficiente para ser inesquecível.

Tipos de balão

Balões de ar quente:

A sua flutuação se dá pelo aquecimento do ar no interior do balão, são o tipo mais comum por terem um preço mais acessível  fácil manutenção e de pequeno volume para transporte e armazenamento. 

Balões de gás:

São inflados com um gás de menor densidade molecular do que a atmosfera, são os balões que transportam sacos de areia como lastro para ser alijado para uma subida e possuem uma 
válvula de escape do gás para a descida, balões a gás são preenchidos com gases, e são utilizados os seguintes gases:

Hidrogênio pouco utilizado para balões desde o desastre Hindenburg devido à alta inflamabilidade mas ainda hoje são usados   em alguns balões meteorológicos e de pesquisa científica, na Alemanha e alguns países ainda são usados no balonismo desportivo.

Hélio o gás mais usado hoje para todos os balões tripulados, apesar da sua menor força ascensional é muito seguro por não ser inerte.

Gás de Carvão usado nos primeiros dias de balonismo é altamente inflamável. Eles foram inventados pelo Professor Jacques A.C.Charles e o primeiro vôo aconteceu em 1 de dezembro de 1783, alguns dias após o primeiro voo de balão a ar quente. Os balões a gás têm maior força de elevação e pode voar por muito mais tempo do que o ar quente pois não há necessidade de combustível, dominaram o balonismo até a criação dos moderno balão de ar quente por Ed Yost.  No século 19, era comum a utilização de gás de iluminação para encher balões, não era tão puro como o gás hidrogênio, mas era muito mais barato e mais facil de adquirir.

Rozier
É um híbrido de um ar quente e um balão de gás, muito 
utilizado nos vôos de longa distancia como as recente circunavegações, foi inventado por Pilâtre de ROZIER, balões de gás têm uma vantagem de serem capazes de voar por um longo tempo, e  balões de ar quente têm a vantagem de ser capaz de alterar facilmente altitude, então Rozier construiu uma bola de gás com uma saia e aqueceu com uma fogueira por baixo para controle da altitude.  Em 1785, Pilâtre de Rozier decolou em uma tentativa de voar sobre o Canal da Mancha, mas o balão explodiu pós meia hora de voo   Somente na década de 1980,  que a tecnologia permitiu a construção de balões ROZIER com uma esfera de gás hélio aquecido por maçarico com gás propano.

Ed Yost

Redesenhou o balão de ar quente no fim dos anos 1950 usando nylon rip stop de alta tenacidade aquecido com queimador de gás propano para criar o moderno balão de ar quente.  Seu primeiro voo de balão, com duração 25 minutos e abrangendo 3 milhas (5 km), foi em 22 de outubro de 1960 na Bruning, Nebraska. Yost melhorou a concepção de balões de ar quente e desencadeou o moderno do balonismo, hoje, balões de ar quente são muito mais comuns do que balões de gás. 

Sunday the 17th. .